Booking.com

O primeiro Abriga Amor foi realizado na Praça Castelo Branco e arredores, onde foram colaboradores e voluntários explicar para a população trimariense o que a Abriga faz, como surgiu, e conseguir mais voluntários para abraçar a causa da ONG de ajudar os animais de rua a receber cuidados e um lar futuramente.

Um pouco mais sobre a Abriga:

A Sociedade Protetora dos Animais de Três Marias/MG – ABRIGA, é uma organização Não Governamental sem fins lucrativos, constituída sob a forma de associação que visa a proteção, auxílio e tratamento aos animais em situação de sofrimento, sendo eles de rua ou não. Foi fundada em 10 de Abril de 2013.

O Senhor Francisco “Seu Chico”, caminhoneiro aposentado, se comovia ao ver os maus-tratos contra animais: a violência, a fome, as agressões e ao se aposentar convidou alguns amigos para elaborar o projeto ABRIGA, para retirarem os animais da rua para deles cuidar e disponibilizá-los para adoção. Hoje a associação conta o apoio da Clínica Veterinária Cia do Bicho que tem desenvolvido o trabalho médico e tem sido abrigo para os animais resgatados, e a nossa maior dificuldade é encontrar pessoas que estejam dispostas a adotar esses animais sofridos que estão prontos para dar e receber amor.

A agência de Publicidade e Propaganda Cyrino adotou dois gatos e fora adotado pela ABRIGA como promotora das ações de captação de novos voluntário e criação da identidade visual. A agência promovera todos os meses, juntamente com a associação, eventos para divulgar o trabalho de proteção aos animais em nossa cidade.

A ABRIGA possui autorização judicial de punir maus-tratos, atropelamentos de animais sem prestação de socorro, agressões de qualquer instância assegurando o cumprimento da Lei Federal n° 9.605/98 (Lei para Crimes Ambientais).

Denúncia anônima: (38) 3754-1726

 

O primeiro Abriga Amor foi realizado na Praça Castelo Branco e arredores, onde foram colaboradores e voluntários…

Publicado por Barreiro Grande em Sexta, 5 de fevereiro de 2016

Curta o Facebook da Abriga e ajude os animais de nossa Três Marias

Comentários

comentários