Segundo a Secretária de Saúde, a falta de remédios são denúncias falsas e que a população realmente encontra os remédios necessários.

reuniaocmara2706-3Nesta segunda-feira, 27 de junho de 2016, na última reunião da Câmara Municipal de Três Marias antes do recesso legislativo, a Secretaria de Saúde Maria Lúcia esteve presente, e em pauta, tentou explicar a falta de remédios na rede pública levantada pelos vereadoresna reunião do dia 20 de junho de 2016, solicitando audiência pública e denúncia vereadores [sem citar nomes] que solicitavam prioridades no atendimento a seus eleitores.
E esclare que cortes na saúde foram necessários para algumas economias da atual administração e que com o recebimento da primeira parcela do Estado tenderá a aumentar o fluxo de remédios na Farmácia Básica, visto que o município se posicionou contra os próprios recebimentos em detrimento do recebimento direto da união se responsabilizando pelas compras dos medicamentos.

A secretária afirma que a falta de remédios são denúncias falsas e que todas as pessoas que solicitam remédios as encontram, e não importa caso os que se sintam lesados, basta que entrem no ministério público e também serão atendidos prontamente.

Além do mais, a Secretária de Saúde, afirmou ter pesquisa direta dos usuários e confirmou a alta satisfação o que iria contra uma possível insensibilidade do atual prefeito e do governo, e ainda entregou também, um óficio ao Presidente da Câmara com informações de todo o estoque de medicamente existente no momento.

O editor chefe da Barreiro Grande, Gabriel Cirino, procurou a Secretária de Saúde Maria Lúcia, na oportunidade a gestora explica as vias certas para se conseguir, escute o áudio.

Vereador Manelim se mostra indeciso se apoia ou não atual governo e contradiz Secretária de Saúde

No uso da tribuna o vereador manelim hoje no PV base da administração, disse que eleitores realmente o procuram e informando a falta de remédios e salientou que a Secretária não tem culpa e também que o Prefeito não precisaria enviar um ofício solicitando recurso para a compra de remédios para a população da forma como fora feita.

reuniaocmara2706-2O Vereador Miltinho oposição do governo no uso da tribuna informa o equívoco sobre da atual Secretária de Saúde em relação as audiências públicas e citou que a mesma esteve ausente em outras oportunidades sendo seu dever como gestora estar presente e que o seu enviado, nas últimas reuniões, Paulo Zuchi informou para os legisladores que a falta de remédios era apenas um problema de logística.

Na oportunidade, Miltinho, indagou ainda sobre a falta de pediatras, que foram embora pela falta de reconhecimento e plantões e cobra ações urgentes e reconhece a atual situação preocupante, tanto pela falta de remédios no município como também com o gasto excessivo da Saúde, com a dívida de mais de 2 milhões a serem pagas ainda este ano, cobrou também regularização dos pagamentos dos médicos, onde alguns estariam atrasados há 2 meses.

reuniaocmara2706-1Reforçando o debate e além de cobrar uma melhoria na odontologia pois a atual está sucateada, o Vereador Railson questionou as palavras da Secretaria e cobra sensibilidade sim do governo, salientando que pesquisas devem ser colocadas em segundo plano pois em primeiro lugar estão as pessoas e que o investimento de 200 mil que está parte que o município cumpriu é apenas o mínimo que poderia muito mais para a população.

O Vereador Railson, informa a população que a única porta certa para se obter remédios gratuitos é na Farmácia Popular, e não há outra lugar.

Diante a atual situação, há falta ou não de remédios na rede pública?

reuniaocmara2706-5A Vereadora Maria Helena que havia rompido com o governo mas que alinhava uma possível realinhamento apontando como possível vice do prefeito Vicente nas eleições de 2016 se desabafa em detrimento do pronunciamente da Secretetária de Saúde e reafirma as plavras, agradecendo que a situação dos remédios estariam solucionadas a partir desta manhã de terça-feira.

Vereador e presidente da câmara municipal Luiz Bertier afirma:

“A saúde nunca foi prioridade do governo, é uma administração insensível e irresponsável”

cobrou sobre os recursos perdidos pela atual administração para Saúde, e segundo o Vereador Biquinha da Van, a atual situação contradiz e muito com todo plano de governo prometido pelo Prefeito Vicente durante a sua campanha em 2012, devido a alta falha na saúde.

Sendo assim, o Vereador Manoel Castelo Branco salienta o atual esclarecimento dos serviços públicos que é próprio do questionamento político e cobra um maior entendimento das partes.

A secretária de saúde disse que abasteceu a farmácia e que todos podem ir diretamente buscar o remédios na farmácia básica.

A equipe da Barreiro Grande, entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura e aguarda um pronunciamento oficial sobre a falta ou não dos remédios na Farmácia Popular

Comentários

comentários