O IMC (índice de massa corporal) é uma forma simples de realizar o diagnóstico do peso em relação à altura do individuo, o qual pode variar entre a escala de desnutrição a obesidade de grau III, mas vale lembrar que não só de IMC é realizado um diagnóstico nutricional.

Histórico familiar, idade, sexo, tabagismo, etilismo, alimentação, níveis decolesterol no sangue, níveis de açúcar no sangue e sedentarismo são uns dos fatores que pode interferir no acumulo de gordura corporal e provavelmente o IMC será elevado.

Sempre que desperta a curiosidade em um individuo de saber se o peso é ideal para altura, é feito o famoso cálculo do IMC, porém o resultado não diz se o peso é saudável ou não, diz somente se é adequado, e mesmo sendo adequado pode acontecer da distribuição dessa massa corporal esta incorreta, fator que pode trazer danos e malefícios a saúde.

Se levarmos em conta somente o resultado do IMC, um atleta vai estar entre as escalas de obesidade, mas a partir do momento que for avaliado visualmente o seu físico, a sua alimentação e sua pratica de exercícios físicos o profissional chega a conclusão de que esse atleta possui uma massa corporal elevada para sua altura, mas porém seu corpo será de maior concentração de massa magra, o qual se considera saudável, desde que não seja exagerado.

É importante lembrar que apesar de existir outros métodos mais eficazes de chegar a um diagnóstico nutricional, não deve desconsiderar o IMC, ele é uma das formas de nos preocuparmos com nossa saúde e buscarmos por um profissional capacitado para realizar uma avaliação completa, dando diagnostico e tratamento.

Comentários

comentários