Ato é configurado como improbidade administrativa, e poderá deixar Vicente Resende (PMDB) inelegível por 8 anos de acordo com a Lei Ficha Limpa.

Prefeito Vicente Resede poderá ficar inelegível

Prefeito Vicente Resede poderá ficar inelegível

Nesta segunda-feira próxima (31), na Câmara Legislativa de Três Marias será pautado o julgamento das Contas da Prefeitura de 2014, se reprovada, o atual Prefeito Vicente de Paulo Resende (PMDB), poderá se tornar inelegível. Caso fosse reeleito nas eleições de 2016, Resende poderia ser eleito e não assumir, ou durante o mandato, perder o cargo, algo parecido como as pedaladas fiscais da Presidenta Dilma Rousseff.

De acordo com a desição do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Prefeito como gestor e ordenador de despesas, é responsável pelas contas da Prefeitura, que devem ser apreciadas pelo Tribunal de Contas e julgadas pela Câmara Municipal. O prefeito deve ter suas contas expressamente rejeitadas pela Câmara Municipal, não sendo suficiente a mera emissão de parecer técnico do Tribunal de Contas.

Para a reprovação, é necessário 2 terços dos votos, na Câmara, hoje, conta com 11 vereadores: Luiz Bertier, Manoel Castelo Branco, Biquinha da Van, Miltinho Gambá, Tião Despachante, Railson, Tião Leal, Manoelin, Irmã Alda, Denilson Ruquinho e Maria Helena.

A tendência é que a Câmara esteja cheia, com a presença massiva da população para acompanhar a votação. Haverá a presença principalmente da mídia local para a cobertura dos fatos.

A Barreiro Grande, entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Três Marias, e aguarda pronunciamento oficial.

Foto: ALMG

 

Publicidade:

Garota-BG-FINAL-Outdoor

 

 

Comentários

comentários