Depois de encontrar frota sucateada, abandono dos Postos de Saúde chamam a atenção da Coordenação dos PSF’s.  Falta insumos básicos para a manutenção e há alta depreciação e vandalismo.

 

Nesta segunda-feira (9 de janeiro), a equipe de comunicação social da Prefeitura Municipal de Três Marias acompanhou a nova Coordenadora dos PSF’s, Alexandra Biscardes, que assumiu a função no dia 4 de janeiro, para registrar a situação em que os postos de saúde foram encontrados pela nova administração municipal.

S3130069web

Bebedouro estragado

Em todos os postos falta produtos de limpeza e de consumo. De acordo com alguns os servidores, a falta dos insumos já persiste há alguns meses. Outro fato que chama a atenção é a falta de água filtrada para servidores e pacientes. Na UBS José Celestino Pereira, no Bairro Progresso, a situação é ainda pior. Inaugurada em 1º de abril de 2016, ainda não possui bebedouro e foi encontrado em estado de abandono. Janelas sem trancas e outras quebradas, muito mato em volta, salas sem uso, piso estragado.

De acordo com a técnica de enfermagem Cristiane Maiara Gomes, há mais ou menos cinco meses não existe profissional de limpeza para o posto do Progresso. “Somos nós quem limpamos, pois a pessoa que fazia a limpeza se afastou por motivo de saúde e nunca enviaram outra”.

A sala de vacina da UBS não funciona porque não há ar condicionado e é na sala de vacinação que a médica realiza as consultas, pois a sala de atendimento foi inundada com a última chuva forte.

Outro problema grave enfrentado no Progresso e em outros PSF’s é o vandalismo. Os postos que possuem os padrões de energia sem proteção e expostos, são alvo de ataque de vândalos que interrompem a energia. Na UBS já aconteceu de perderem todos os reagentes do laboratório em função do ato.

Odontologia sem funcionamento

Odontologia sem funcionamento

A coordenadora dos Postos de Saúde, Alexandra Biscardes, informou que a prioridade é restabelecer as boas condições em todos os PSF’s e iniciar o atendimento odontológico no Progresso. “Faltam até papéis higiênicos, luvas e materiais de limpeza.  Vamos providenciar o que falta e arrumar os postos para que a população tenha acesso ao atendimento de qualidade”.

Comentários

comentários